CANCELADO Bebeteca 0 a 3 anos

Tem 2 minutos?

Gosta de viagens e passeios em família? Nos ajude a conhecer melhor as preferências de sua família!

Sou pai/mãe Sou avó(ô), tia(o), dinda(o) x
A partir de 12/02/2020

CANCELADO Bebeteca 0 a 3 anos

Centro Cultural Matarazzo
gratuito

O espaço funcionará inicialmente as Quartas e aos Sábados das 9h às 11h30, até que seja implantada nova programação.

O projeto conta com uma biblioteca voltada à primeiríssima infância, abrange a faixa etária de zero a três anos, que é quando as crianças mais se desenvolvem. O espaço conta com diversas atividades e monitor a disposição, para atendimento das crianças.

Cada vez mais a instalação da primeira Bebeteca pública adaptada no Brasil se torna realidade. Agora, o Governo Municipal, por meio da Secult (Secretaria Municipal de Cultura), foi contemplado com a doação de todos os móveis adaptados, bem como de livros por parte da família Martos, através do empresário Sandro de Santana Martos

 A intenção é que as crianças manuseiem os livros, tenham autonomia. O maior móvel, por exemplo, terá 75 centímetros”, explicou Juliane Martins Motoyama, diretora de escola e responsável pelo Ceforppe (Centro de Formação Permanente de Profissionais de Educação).

Ainda durante o ato, Juliane contou que a ideia não é apenas ler livros, mas desenvolver demais atividades como musicalização e ateliês para bebês e gestantes, entre outras, sendo todas conciliadas com as novas da biblioteconomia.

“O Projeto ‘Lê no Ninho’, por exemplo, passa a ser na Bebeteca. A ideia é procurar pessoas envolvidas com bebês para usarmos este espaço com eles, desde a gestação. O conceito da iniciativa é a humanização desde a primeiríssima infância”, acrescentou.

Na oportunidade, o prefeito em exercício, Douglas Kato, agradeceu a parceria da família Martos e revelou que a Bebeteca é um projeto que nasce já com o anseio do Governo em expandir para outros locais.

Além dos já citados, participaram da reunião Naraiana Kato Pauluzi, presidente do Fundo Social de Solidariedade; Paulo Sílvio Sanches, secretário de Cultura; Aline Priscila Daura, bibliotecária; e André Luiz de Lima, também do Fundo Social.

No local, a monitora, Andréia dos Santos Oliveira desenvolve atividades educativas para às crianças, com músicas e a hora do conto. O espaço conta com livros, tatames, almofadas para proporcionar bem-estar aos pequenos, além de móveis adaptados ao tamanho das crianças, que são incentivados à prática da leitura.
Durante a realização das atividades, é indispensável que a criança esteja acompanhada por um responsável. Nos outros dias da semana, o espaço poderá ser utilizado por escolas, creches ou instituições que tenham projetos voltados aos bebês. O agendamento poderá ser feito na Secretaria de Cultura, no 3226-3399.

Fonte: Secretaria de Comunicação

**NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS POR EVENTUAIS ALTERAÇÕES DE DATA, HORÁRIOS E VALORES AQUI INFORMADOS